A importância do ponto eletrônico no dia a dia da empresa

A importância do ponto eletrônico no dia a dia da empresa

Um trabalhador inicia sua jornada laboral, via de regra a partir das 9h da manhã. São várias funções a realizar, emails, entrevistas, relatórios, reuniões. A empresa por sua vez, paga ao funcionário pelas horas semanais trabalhadas.

No entanto, existe uma coisa de extrema importância que muitos deixam passar despercebido, mas que é fundamental nas relações de trabalho. O ponto eletrônico!

Porque o ponto eletrônico é tão importante?

É importante ter um controle padronizado do horário de entrada e saída dos empregados para que as relações de trabalho sejam transparentes e que esse horário não venha a prejudicar nem o contratado e nem o empregador.

Quando você admite alguém, você contrata horas da vida da pessoa pela execução de tarefas diárias e esse processo deve ser rigoroso e feito com muita atenção. Isso porque o não cumprimento do horário de trabalho, além de prejudicar os funcionários com suas atividades extra curriculares, também pode gerar transtornos posteriores para a empresa, através de processos trabalhistas, com reclamações sobre horas extras, por exemplo.

Por isso, as empresas devem estar atentas aos horários realizados por seus funcionários a fim de evitar este tipo de transtorno que inclusive está previsto em lei.

Qual ponto devo utilizar?

Não importa se seu ponto eletrônico é manual, mecânico ou eletrônico, o que importa é que ele siga os padrões e o acordo estabelecido em contrato no momento da admissão.

Porém, é aconselhável que as empresas utilizem o ponto eletrônico para fiscalizar as horas trabalhadas por cada empregado, para que não aconteçam erros comuns quando os outros meios são utilizados.

Por exemplo, no ponto mecânico, apesar do horário estar registrado corretamente, caso hajam horas extras, ele deverá ser contabilizado a mão, o que pode gerar o pagamento incorreto das horas extras realizadas pelo funcionário.

Já o ponto eletrônico calcula de forma correta o tempo trabalhado no dia, inclusive as horas extras realizadas, sem trazer nenhum ônus para qualquer uma das partes.

Informe sua equipe sobre os benefícios do ponto eletrônico

Nem todos os funcionários tem o real entendimento do ponto eletrônico. Por isso, é importante que o gestor de cada área informe aos seus colaboradores os benefícios de se aderir ao ponto eletrônico.

Em primeiro lugar, você deve informar como o ponto deve ser utilizado. Isso já demonstra a transparência da empresa para com o colaborador, uma vez que ele vai entender a necessidade de trabalhar as horas contratadas, e somente em casos extremos, realizar atividades extras.

Para casos em que os funcionários ainda tenham dúvidas sobre a utilização do ponto, abra um canal de comunicação. Assim, o funcionário consegue entender melhor o funcionamento do ponto, questões sobre horas extras, saídas antecipadas e até mesmo faltas não justificadas.

Mostre a todo o momento para o trabalhador que o ponto eletrônico serve como um balisador do tempo trabalhado e que isso é benéfico para ele.

Exponha a facilidade que o ponto pode gerar na vida das pessoas que trabalham com o seu controle, como por exemplo, nos pedidos de folga, alterações na jornada de trabalho e até mesmo na somatória das horas extras, seja como forma de pagamento, seja como compensação através de banco de horas.

Ao mostrar a importância do registro para seus funcionários, você vai fazê-los entender que a empresa é idônea e procura sempre estar em conformidade com as leis trabalhistas vigentes a fim de ter um bom relacionamento com cada colaborador da empresa, bem como utiliza uma forma de se precaver contra problemas trabalhistas que possam surgir pela não aplicação da lei.